Drogas na Gravidez: A e B

publicidade

Os medicamentos listados no Manual de Drogas na Gravidez estão publicadas em ordem alfabética: A e BCD e EF,G e HI e LM e NO, P e QR, S, T, V e Z.

Drogas na Gravidez: A

ABACAVIR

antiviral – Risco: C – Posologia: 300 mg, 12-12h, VO – Indicações: HIV – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, hepatopatias – Efeitos adversos: cefaléia, tontura, distúrbio do sono, vômito, náusea, anorexia, hepatomegalia, esteatose hepática, tosse – Interação medicamentosa: amprenavir – Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação: contra-indicada para evitar transmissão vertical do vírus para o RN.

ACETAMINOFENO

analgésico não opióide, antipirético – Risco: B/D – Posologia: 500 mg, 4-6 h, VO ou IM, dose máxima de 4.000 mg/dia – Indicações: tratamento da dor menor e dor crônica, dismenorréia, febre, ressaca, processo inflamatório, cefaléia, dor pós-operatória, reação vacinal – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: hepatotoxicidade, trombocitopenia, agranulocitose, anemia hemolítica, deficiência de G6PD, meta-hemoglobinemia, alterações do SNC, depressão, alterações cardiovasculares, acidose metabólica, hipoglicemia, alterações gastrointestinais, nefrotoxicidade, catarata, asma, alterações cutâneas – Interação medicamentosa: barbitúrico, carbamazepina, hidantoína, diflunisal, isoniazida, zidovudina, rifampicina, sulfapirazona, warfarina, cumarínicos, cloranfenicol, busulfano, colestiramina, primaquina, probenicida, ácido valpróico, furosemida, carbonato de lítio, indometacina, contraceptivo hormonal, antiácido, atenolol, captopril. Ingestão crônica e excessiva de etanol também leva a hepatotoxicidade. Gravidez: doses terapêuticas de acetaminofeno são compatíveis; consumo elevado por tempo prolongado pode provocar lesões hepáticas e renais nos organismos materno e fetal – Amamentação: compatível em doses habituais.

ACICLOVIR

antiviral – Risco: C – Posologia: 200-400 mg, 5x/dia, VO; 250 mg, IV, 1 h – Indicações: infecções de pele, mucosas e genitais, causadas por vírus sensíveis ao fármaco – Contra-indicações: sensibilidade ao fármaco – Efeitos adversos: náusea, vômito, cefaléia, insuficiência renal, erupção da pele, flebite – Interação medicamentosa: fenitoína, ácido valpróico, probenicida – Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação: contra-indicada para evitar transmissão vertical do vírus para o RN.

ÁCIDO ACETILSALICÍLICO

antiinflamatório não hormonal, analgésico, antipirético – Risco: C/D – Posologia: 500 mg/dia, 1-4x/dia, antipirético e analgésico; 1.000-1.500 mg, 4x/dia antiinflamatório – Indicações: febre reumática aguda, artrite reumatóide, angina pectoris, síndrome do anticorpo antifosfolípides, fibrilação atrial, cefaléia, gota, dor leve e moderada, pós-operatório, crescimento fetal restrito, trombose venosa, embolia pulmonar, profilaxia de infarto do miocárdio, tromboembolismo no pós-operatório, prevenção de toxemia gravídica, púrpura – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, lesão de mucosa gástrica, lesão hepática grave, hemofilia, uso de anticoagulantes e suspeita de dengue – Efeitos adversos: irritação gástrica, broncoespasmo, rinite, urticária e outras manifestações cutâneas, necrose papilar renal, síndrome de Reye – Interação medicamentosa: anticoagulantes, corticosteróides, sulfoniluréas, metotrexato, barbitúricos, ácido valpróico, antagonistas da aldosterona, diuréticos de alça, anti-hipertensivos, antiácidos, ácido ascórbico, fenitoína – Gravidez: doses elevadas, 4 g/dia, a partir do 3º trimestre inibe a síntese de prostaglandinas; prolonga a gravidez, determina oligúria fetal, oligoâmnio, dismorfoses faciais, contratura muscular, oclusão prematura do ducto arterioso e hipertensão pulmonar primária do RN. Avaliar risco/benefício – Amamentação: evitar doses elevadas, maiores que 4g/dia; optar por ácido mefenâmico, cetoprofeno, diclofenaco, ibuprofeno, meloxicam. Compatível em doses habituais.

ÁCIDO MEFENÂMICO

antiinflamatório não hormonal – Risco: B/D – Posologia: 250 mg, 6-12 h, VO – Indicações: artrite reumatóide, osteoartrite, tendinite, bursite, dor pós-operatório – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, doenças renais pré-existentes, rinite, asma, alergia, inflamação ulcerativa crônica, doenças gastrintestinais – Efeitos adversos: erupção cutânea, granulocitopenia, leucopenia, hipotermia, porfiria, alterações gastrointestinais, nefrotoxicidade, anemia hemolítica, broncoconstricção, plaquetopenia – Interação medicamentosa: dicumarínicos; inibidores da ECA, bloqueadores ß-adrenérgicos, bloqueador do canal de cálcio, diuréticos, ofloxacino, metotrexato, heparina de baixo peso molecular, carbonato de lítio, ciclosporina, warfarina, sulfoniluréia, fenindiona, hidróxido e óxido de magnésio, tacrolimus – Gravidez: a partir do 3º trimestre inibe a síntese de prostaglandinas; prolonga a gravidez, determina oligúria fetal, oligoâmnio, dismorfoses faciais, contratura muscular, oclusão prematura do ducto arterioso e hipertensão pulmonar primária do RN. Avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível em doses habituais.

ÁCIDO VALPRÓICO

antiepiléptico – Risco: D – Posologia: 250 mg, 2-3x/dia, VO – Indicações: crises tônico-clônicas, crises parciais, distúrbios bipolares, enxaquecas – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, hepatopatia – Efeitos adversos: trombocitopenia, sedação, tremor, ganho de peso, aplasia serie vermelha – Interação medicamentosa: fenitoína, aspirina, diazepam, amitriptilina, aciclovir, carbamazepina, colestriamicina, eritromicina, felbamato, lorazepam, nimodipina, fenobarbital, rifampicina, zidovidina – Gravidez: defeitos do tubo renal, cardiovasculares, vias urinarias, dismorfismo facial, hidrocefalia, braquicefalia – Amamentação: compatível, em doses habituais.

ADENOSINA

antiarrítmico – Risco: C – Posologia: 6 mg “in bolus”, IV – Indicações: taquicardia supraventricular paroxística – Contra-indicações: moléstias broncoconstritivas, disfunção sinus-nodal, bradicardia, hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: arritmia, dispnéia, cefaléia, rubor facial – Interação medicamentosa: carbamazepina, dipiridamol, teofilina – Gravidez: dados da literatura são controversos; não há estudos controlados – Amamentação: não há dados disponíveis.

ALBENDAZOL

anti-helmíntico – Risco: C – Posologia: 400 mg, dose única, VO – Indicação: giardíase, ancilostomíase, neurocisticercose, enterobíse, ascaridíase, estrongiloidíase, teníase, tuquinose – Contra-indicações: hipersensibilidade aos benzonidazólicos – Efeitos adversos: leucopenia, disfunções hepáticas, cefaléia – Interação medicamentosa: cimetidina, dexametasona, praziquantel – Gravidez: teratogênico em animais, porém, nada foi comprovado no ser humano; utilizar a partir do segundo trimestre – Amamentação: compatível em doses habituais.

ALDESLEUCINA

antineoplásico – Risco: C – Posologia: 600.000 UI/kg/dia ou 0,037 mg/kg/dia, IV – Indicações: carcinoma renal, melanoma maligno – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, alteração de funções pulmonares e portadores de transplante de órgãos – Efeitos adversos: hipotensão e risco de propagação de infecções – Interação medicamentosa: vacina para rotavírus – Gravidez: não há dados disponíveis – Amamentação: contra-indicado.

ALIZAPRIDA

antiemético – Risco: C – Posologia: 50 mg, 3-4x/dia, VO; 100-200 mg, dose única/dia, IM, IV – Indicações: náusea, vômito induzido por terapia antineoplásica – Contra-indicações: hipersensibilidade as benzamidas, feocromocitoma, discinesias – Efeitos adversos: sonolência, vertigem, cefaléia, insônia, diarréia, sintomas extrapiramidais – Interação medicamentosa: neurolépticos, etanol – Gravidez: não demonstrou sinais de teratogenicidade ou embriotoxicidade em animais de experimentação; não há estudos controlados no ser humano – Amamentação: compatível em doses habituais.

publicidade

AMANTADINA

antiviral – Risco: C – Posologia: 100 mg, 2x/dia, VO – Indicações: profilaxia e tratamento vírus P influenza, parkinsonismo, sintomas extrapiramidais – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: náusea, tontura, insônia – Interação medicamentosa: clotrimazol, trimetroprima,  triantereno, acetaminofeno – Gravidez: embriotóxica e teratogênica em animais; embora não hajam estudos controlados é potencialmente teratogênica no ser humano – Amamentação: contra-indicada para evitar transmissão vertical do vír us para o RN.

AMICACINA

antibiótico – Risco: D – Posologia: 5 mg/kg, 8-12 h, IM – Indicações: infecções oculares, urinárias, septicemia, enterocolite, osteomielite,meningite, infecções por bactérias susceptíveis – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: oto e nefrotoxicidade – Interação medicamentosa: bumetanida, carboplatina, ácido etacrínico, piretanida, cefalosporina, aciclovir, ciclosporina, vancomicina, furosemida, indometacina, capreomicina – Gravidez: não é teratogênica, porém ototóxica; avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível em doses habituais.

AMLODIPINA

bloqueador do canal de cálcio – Risco: C – Posologia: 2,5-10 mg, dose única/dia, VO – Indicações:  hipertensão arterial, insuficiência cardíaca congestiva, angina pectoris, nefropatias – Contra-indicações: hipotensão, hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: cefaléia, tontura, hiperplasia gengival, taquicardia, edema – Interação medicamentosa: bloqueadores ß-adrenérgicos, cetoconazol, ciclosporina, delavirdina, fentanila, fluconazol, itraconazol, anticoagulantes orais, quinupristina, saquinavir – Gravidez: não é teratogênica em animais; não há estudos controlados no ser humano – Amamentação: compatível em doses habituais.

AMILORIDA

diurético – Risco: D – Posologia: 5-20 mg/dia – Indicações: hipertensão, insuficiência cardíaca, nefrolitíase – Contra-indicações: hipercalemia, insuficiência renal, hipersensibilidade ao fármaco e com-ponentes da fórmula e sulfonamidas – Efeitos adversos:  astenia, sonolência, cefaléia, erupção cutânea – Interação medicamentosa: inibidores da enzima conversora de angiotensina, angina, ciclosporina, digoxina, carbonato de lítio, antiinflamatório não hormonal, potássio, quinidina, tacrolimus – Gravidez: não é teratogênico, porém, inibe a reabsorção de sódio e diminui a excreção de potássio, promovendo hipercalemia, hipovolemia e acidose metabólica. Diminui a perfusão placentária; avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível em doses habituais.

AMIODARONA

antiarrítmico – Risco: D – Posologia: 200 mg, 1-6x/dia, VO; 5 mg/kg/5 min, IV (“in bolus”) – Indicações:  arritmias ventriculares – Contra-indicações: bradicardia, choque cardiogênico, grave disfunção sinus-nodal, hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: arritmias, insuficiência respiratória, disfunção tiroidiana, hepatotoxicidade – Interação medicamentosa: amprenavir, bloqueadores ß-adrenérgicos, colestiramina, cisaprida, ciclosporina, dicumarol, digoxina, fentanila, gatifloxacina, indinavir, lidocaína, metotrexato, nelfinavir, fenitoína, pimozida, quinidina, rifampicina, ritonavir, warfarina – Gravidez: crescimento intra-uterino restrito em animais de experimentação. A função da tiróide do RN deve ser avaliada devido a grande quantidade de iodo na fórmula; pouca experiência no ser humano. Avaliar risco/benefício – Amamentação: contra-indicado.

AMOXICILINA / ÁCIDO CLAVULÂMICO

antibiótico – Risco: B – Posologia: 500 mg, 8-8 h, VO; 1 g, 8-8 h, IV – Indicações: otite média, sinusite, infecções trato respiratório inferior, demais infecções causadas por bactérias sensíveis aos fármacos – Contra-indicações: hipersensibilidade aos fármacos – Efeitos adversos: diarréia, náusea, vômito – Interação medicamentosa: aminoglicosídeos, metotrexato, probenecida, cloranfenicol, eniromicina, tetraciclina, sulfonamida – Gravidez: compatível – Amamentação: compatível em doses habituais.

AMOXICILINA

antibiótico – Risco: B – Posologia: 50-500 mg, 8-8 h/dia, VO – Indicações: infecções vias aéreas superiores, vias urinárias, meningite, demais infecções causadas por germes sensíveis ao fármaco – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula e penicilina – Efeitos adversos: choque anafilático, erupção cutânea, diarréia, vômito – Interação medicamentosa: atenolol, aminoglicosídeos, tetraciclinas, probenecida, indometacina, ácido acetilsalicílico – Gravidez: compatível – Amamentação: compatível em doses habituais.

AMPICILINA / SULBACTAN

antibiótico – Risco: C – Posologia: 250-500 mg, 6-6 h/dia, VO, IV – Indicações: infecções dos tratos urinário, genital e respiratório, dermatites causadas por germes sensíveis ao fármaco – Contra-indicações: hipersensibilidade à penicilina – Efeitos adversos: erupção cutânea, náusea, vômito, colite pseudomembranosa, elevação das enzimas hepáticas – Interação medicamentosa: aminoglicosídeos, atenolol, mefloquina, cloranfenicol, cloroquina, omeprazol – Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação:  compatível em doses habituais.

AMPRENAVIR

antiviral – Risco: C – Posologia: 1200 mg, 2x/dia, VO – Indicações: HIV – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fámarco, insuficiência hepática e/ou renal – Efeitos adversos:  náusea, vômito, diarréia – Interação medicamentosa: alprazolam, amiodarona, astemizol, atorvastatina, carbamazepina, diazepam, dissulfiran, ergotamina, fenitoína, hypericum, metronidazol, fenobarbital, pravastatina, quinidina, rifampicina, sinvastatina, antidepressivos tricíclicos, warfarina – Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação: contra-indicado para evitar transmissão vertical do vírus para o RN.

ANASTROZOL

antineoplásico – Risco: D – Posologia: 1 mg, dose única/dia, VO – Indicações: câncer de mama em mulheres menopausadas – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula e pré-menopausa – Efeitos adversos: diarréia, astenia, enxaqueca, dores articulares, edema – Interação medicamentosa: não há dados disponíveis – Gravidez: potencialmente teratogênico; não há estudos controlados. Avaliar risco/benefício – Amamentação: contra-indicado.

ANFETAMINA

estimulante do SNC – Risco: C – Posologia: 10 mg, 1-4x/dia, VO – Indicações: narcolepsia, obesidade – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, hipertensão arterial, glaucoma, hipertiroidismo – Efeitos adversos: hipertensão arterial, arritmia cardíaca, taquicardia, náusea, vômito – Interação medicamentosa: clorpromazina, furazolidona, guanetidina, isoproniazida, isocarboxazida, moclobemida, nialamida, procarbazina, selegilina, sibutramina, bicarbonato de sódio, antidepressivos tricíclicos – Gravidez: o uso de anfetamina sob orientação médica não oferece riscos para o concepto, pois não é teratógeno; sintomas suaves de privação podem ser observados sem quaisquer outras sequelas. O uso ilícito, porém, é extremamente danoso, pois causa restrição de crescimento intra-uterino, parto prematuro e aumento potencial da morbilidade materna, fetal e neonatal – Amamentação: contra-indicado.

ANFOTERICINA B LIPOSSOMAL

antifúngico – Risco: C – Posologia: 1-3 mg/kg, dose única diária, IV (30-60 min) – Indicações: infecções graves, meningite criptococcica em pacientes portadores de HIV, leishmaniose – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: náusea, vômito, baixo teor de creatinina, hipocalemia, erupção cutânea – Interação medicamentosa: ciclosporina, digitálicos, bloqueadores musculares não despolarizantes – Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação: compatível em doses habituais.

ANFOTERICINA B

antifúngico – Risco: B – Posologia: 0,25 – 1 mg/kg, dose única/dia, IV – Indicações: leishmaniose cutaneomucosa, meningite criptocócica, aspargilose, blastomicose, candidíase disseminada, endocardite fúngica, histoplasmose, esporotricose disseminada – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: nefrotoxicidade, náusea, vômito, anemia,  trombocitopenia – Interação medicamentosa: ciclosporina, digitálicos, bloqueadores musculares não despolarizantes – Gravidez:  compatível – Amamentação: compatível em doses habituais.

publicidade

ARTEMETER

antimalárico – Risco: X – Posologia: 80 mg, 2x/dia, IM – Indicações: malária – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: febre, discrasias saguíneas, náusea, vômito, mal estar generalizado – Interação medicamentosa: eritromicina, terfenadina, astemizol, pobucol, quinidina, procainamida, amiodarona, sotalol, antidepressores tricíclicos, neurolépticos – Gravidez: contra-indicado – Amamentação: doses habituais, uso criterioso; monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

ARTESUNATO

antimalárico – Risco: X/C – Posologia: 50 mg, 12-12 h, VO – Indicações: malária – Contra-indicações:  hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: febre, discrasias saguíneas, náusea, vômito, mal estar generalizado – Interação medicamentosa: não há referência – Gravidez: contra-indicado no primeiro trimestre; nos demais, não há estudos controlados – Amamentação: doses habituais, uso criterioso; monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

ASPARGINASE

antineoplásico – Risco: C – Posologia: 200 UI/kg/dia, IV – Indicações: leucemia linfocitária aguda, leucemia mielóide crônica – Contra-indicações: pancreatite, hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: leucopenia, anemia, trombocitopenia – Interação medicamentosa: metotrexato, prednisona, vincristina – Gravidez: teratogenicidade em animais de experimentação; no ser humano, não há dados disponíveis – Amamentação: contra-indicado.

ASTEMIZOL

anti-histamínico – Risco: C/D – Posologia: 10 mg, dose única/dia, VO – Indicações: rinite e conjuntivite alérgicas, urticária – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, arritmia, hepatopatias – Efeitos adversos: cefaléia, fadiga, sonolência – Interação medicamentosa: amprenavir, cetoconazol, claritromicina, delavirdina, efavirenz, eritromicina, fluconazol, fluoxetina, indinavir, inibidores do sistema citocromo P450, itraconazol, nefazodona, ritonavir, roxitromicina, saquinavir, sertralina, sotalol – Gestação: não há estudos controlados no ser humano; o uso de anti-histamínicos duas semanas antes da parturição pode determinar fibroplasia retrolental em prematuros. Avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível em doses habituais.

ATENOLOL

bloqueador ß-adrenérgico – Risco: D – Posologia: 25-50 mg, dose única/dia, VO – Indicações: angina pectoris, arritmias, insuficiência cardíaca congestiva, ansiedade – Contra-indicações: bradicardia, grave bloqueio átrio-ventricular, choque cardiogênico – Efeitos adversos: hipotensão, tontura, depressão, bradicardia, náusea, vômito – Interação medicamentosa: bloqueadores a 1-adrenérgicos, amiodarona, antidiabéticos, clorpromazina, clomidina, digoxina, diltiazem, fentanil, flunarizina, metildopa, quinidina, verapamil – Gravidez:  aumento da resistência vascular no binônio materno-fetal proporcional ao tempo de exposição. Segundo trimestre, redução do peso da placenta e crescimento intra-uterino restrito; terceiro trimestre, redução do peso da placenta. Avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível em doses habituais.

ATORVASTATINA

hipolipemiante – Risco: X – Posologia: 10-80 mg, dose/dia, VO – Indicações: doença coronariana, hipercolesterolemia homozigótica familial primária, hiperlipidemia, hipertrigliceridemia – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, hepatopatia ativa, elevações persisitentes e inexplicadas das transaminases séricas – Efeitos adversos: dor abdominal, flatulência, constipação – Interação medicamentosa: antivirais, antifúngicos, fenitoína, ciclosporina, eritromicina – Gravidez: inibe a velocidade do processo de síntese hepática do colesterol, promovendo a redução dos níveis sanguíneos; além disso, aumenta a síntese dos receptores de LDL, elevando sua depuração. Contra-indicado – Amamentação: não há dados disponíveis.

ATRACÚRIO

miorrelaxante cirúrgico – Risco: C – Posologia: 0,4-0,5 mg/kg/dia, IV “in bolus” – Indicações: complemento anestésico – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: hipotensão, bradicardia, broncoespasmo, taquicardia – Interação medicamentosa: aminoglicosídeos, corticóides, carbamazepina, clindamicina, isofluxano, enflurano, ketamina, sevoflurano – Gravidez: teratogênico em coelhos; depressão respiratória potencial motivada pelo uso de agente bloqueador neuromuscular. Não há estudos controlados no humano – Amamentação: não há dados disponíveis.

ATROPINA / DIFENOXILATO

antidiarréico – Risco: C – Posologia: 0,05 mg atropina + 5,0 mg difenoxilato, 3-4x/dia, VO – Indicações: diarréia – Contra-indicações: hipersensibilidade aos fármacos, hepatopatia grave, icterícia, desidratação, glaucoma de ângulo fechado – Efeitos adversos: tontura, sonolência, euforia, sedação – Interação medicamentosa: parassimpatomiméticos – Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação: não há dados disponíveis.

ATROPINA

antiespasmódico – Risco: C – Posologia: 0,3-1,2 mg, 4-6 h, SC, IM ou IV – Indicações: bradicardia, assistolia, colo irritável, espasmo gastrintestinal, bloqueio neuromuscular reverso, úlcera péptica, pré-operatório – Contra-indicações: hipersensibilidade a anticolinérgicos, glaucoma agudo, obstrução ou atonia intestinal, miastenia grave, taquicardia (tirotoxicose) – Interação medicamentosa: parassimpatomiméticos – Gravidez: controverso; não há estudos controlados – Amamentação: compatível.

AZATADINA

anti-histamínico – Risco: B/D – Posologia: 1 mg, 2x/dia, VO – Indicações: rinite alérgica, urticária – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula e anti-histamínicos, portadores de glaucoma e de retenção urinária – Efeitos adversos: sonolência, gastrite, retenção urinária – Interação medicamentosa: depressores SNC, inibidores da monoaminooxidase – Gravidez: não há contra-indicação; o uso de anti-histamínicos duas semanas antes da parturição pode determinar fibroplasia retrolental em prematuros. Avaliar risco/benefício – Amamentação: incompatível.

AZITROMICINA

antibiótico – Risco: C – Posologia: 500 mg, dose única/dia, VO – Indicações: gastroenterite, infecções dos aparelhos geniturinário e respiratório causadas por agentes sensíveis ao fármaco – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: náusea, vômito, diarréia, dores abdominais – Interação medicamentosa: pimozida, teofilina, warfarina – Gravidez: não é embriotóxica ou teratogênica em animais; no ser humano não há estudos controlados – Amamentação: compatível em doses habituais.

AZTREONAM

antibiótico – Risco: C – Posologia: 2 g, 6-8h, IM ou IV – Indicações: infecções dos tratos respiratório inferior e geniturinário, tecidos moles – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: náusea, vômito, diarréia, anafilaxia, exantema, prurido, púrpura, urticária, hipotensão, cefaléia – Interação medicamentosa: cefoxitina, probenecida, imipenem – Gravidez: não demonstrou efeitos embriotóxicos em animais de experimentação; não há estudos controlados no ser humano – Amamentação: compatível em doses habituais.

Drogas na Gravidez: B

BACLOFENO

miorrelaxante – Risco: C – Posologia: 10-20 mg, 3x/dia, VO – Indicações: espasticidade muscular – Contra-indicações:  hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: sonolência, hipotensão, constipação intestinal, polaciúria – Interação medicamentosa: opióides, antidepressivos tricíclicos, anti-hipertensivos, levodopa – Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação: compatível.

BARBEXACLONA

antiepilético – Risco: C – Posologia: 200 mg, 1-2x/dia, VO – Indicações: crises convulsivas, tônico-clônicas, grande mal epiléptico, pequeno mal mioclônico – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, cardiopatias, nefro e hepatopatias graves, feocromocitoma, tirotoxicoses, glaucoma agudo, arritmias – Efeitos adversos: irritação, agitação, astenia, perda de peso – Interação medicamentosa: tranquilizantes, etanol, analgésicos – Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação: não há dados disponíveis.

BENAZEPRIL

inibidor da enzima conversora de angiotensina – Risco: B/D – Posologia: 10-20 mg/dia, dose única/dia, VO – Indicações: hipertensão arterial, angina, arritmia, insuficiência cardíaca congestiva, nefropatias – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, estenose arterial renal – Efeitos adversos: erupção cutânea, hipercalemia, edema –  Interação medicamentosa: alopurinol, ácido acetilsalicílico, azatioprina, ciclosporina, carbonato de lítio, diuréticos – Gravidez: a partir do segundo trimestre inibe efeito vasoconstritor da angiotensina. A hipotensão arterial determina diminuição do fluxo renal do concepto  provocando anúria, oligoâmnio, consequentemente deformação facial, contratura de membros, crescimento intrauterino restrito, hipoplasia pulmonar, persistência do ducto arterioso; avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível em doses habituais.

BENZONIDAZOL

antiprotozoário – Risco: C – Posologia: 2,5-3,5 mg, 12-12 h, VO – Indicações: moléstia de Chagas – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: discrasias sangüíneas, náusea, vômito, tontura, cefaléia, erupção cutânea – Interação medicamentosa: anticoagulantes, ácido acetilsalicílico, etanol – Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação: não há dados disponíveis.

BISOPROLOL

bloqueador ß-adrenérgico – Risco: C/D – Posologia: 2,5-20 mg, dose única/dia, VO – Indicações: angina pectoris, arritmias, hipertensão arterial, insuficiência cardíaca congestiva – Contra-indicações: bradicardia, sonolência, distúrbios do sono, choque cardiogênico, hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: bradicardia, hipotensão, tontura, astenia – Interação medicamentosa: bloqueadores a1-adrenérgicos, amiodarona, hipoglicemiantes, clonidina, digitoxina, fentanila, flunarizina, metildopa, verapamil – Gravidez: aumento da resistência vascular no binônio materno-fetal proporcional ao tempo de exposição. Segundo trimestre, redução do peso da placenta e crescimento intra-uterino restrito; terceiro trimestre, redução do peso da placenta. Avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível em doses habituais.

BLEOMICINA

antineoplásico – Risco: D – Posologia: 50-60 mg, 2x/semana, SC, IM ou IV – Indicações: Hodgkin, carcinoma colo de útero, vulva, laringe – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: trombocitopenia, hiperpirexia, hiperpigmentação – Interação medicamentosa: fenitoína – Gravidez: citotóxico; ação direta sobre DNA. Avaliar risco/benefíco – Amamentação: contra-indicado.

BROMEXINA

mucolítico – Risco: B – Posologia: 8 mg,3x/dia, VO – Indicações: bronquite – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: náusea, vômito, cefaléia, sonolência, erupção cutânea – Interação medicamentosa: amoxiciclina, cefuroxima, eritromicina, doxiciclina – Gravidez: estudos pré-clínicos e ampla experiência clínica disponível não evidenciaram efeitos adversos – Amamentação: compatível em doses habituais.

BUCLIZINA

anti-histamínico – Risco: C/D – Posologia: 50 mg, 2-3x/dia, VO – Indicações: processos alérgicos – Contra-indicações:  hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: sonolência, boca seca, visão turva – Interação medicamentosa: depressores SNC – Gravidez: teratogênico em animais e há controvérsia no ser humano; deve-se lembrar que o uso de anti-histamínicos duas semanas antes da parturição pode determinar fibroplasia retrolental em prematuros. Avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível em doses habituais.

BUSSULFANO

antineoplásico – Risco: X – Posologia: 4-8 mg, dose única/dia, VO – Indicações: leucemia mielóide crônica – Contra-indicações: leucemia aguda, hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: mielossupressão, fibrose pulmonar, fibrose endo e pericárdica, síndrome de Addison, catarata – Interação medicamentosa: itraconazol, fenitoína, vacina rotavírus, tioguanina – Gravidez: malformações múltiplas e baixo peso ao nascer; contra-indicado – Amamentação: contra-indicado.

Atualização

Site atualizado em 17/11/2013

 

Qual assunto você quer procurar no site?

Loading



publicidade
(Visited 1.090 times, 1 visits today)