Drogas na Gravidez: O, P e Q

publicidade

Os medicamentos listados no Manual de Drogas na Gravidez estão publicadas em ordem alfabética: A e BCD e EF,G e HI e LM e NO, P e QR, S, T, V e Z.

 

Drogas na Gravidez: O

OFLOXACINA

antiinfeccioso – Risco: C – Posologia: 400 mg, 12-12 h, VO – Indicações: infecções dos tratos respiratório, gastrintestinal e geniturinário, septicemias, dermatites – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Interação medicamentosa: antiácidos, cálcio, ferro, didanosina zinco – Gravidez: não há risco de malformações; as fluoroquinolonas produzem artropatia devido a danos na cartilagem em animais de experimentação. Há relatos no ser humano, porém, não há estudos controlados – Amamentação: não há dados disponíveis.

 OMEPRAZOL

antiulceroso – Risco: C – Posologia: 10-20 mg, dose única/dia, VO – Indicações: úlcera gástrica e duodenal, esofagite erosiva grave – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula –  Efeitos adversos: cefaléia, náusea, vômito, erupção cutânea, constipação – Interação medicamentosa: alprazolam, carbamazepina, clorazepato, ciclosporina, digoxina, dissulfiram, metotrexato, midazolam, warfarina – Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação: doses habituais, uso criterioso; monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

ONDANSETRONA

sedativo/hipnótico – Risco: C – Posologia: 4-16 mg, 1-2x/dia, VO; 8 mg, 2-3x/dia, IV – Indicações: vômito induzido por terapia antineoplásica, pós-operatório – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: cefaléia, obstipação leve – Interação medicamentosa: ranitidina, claritromicina – Gravidez: não é embriotóxico ou teratogênico em animais de experimentação; não há estudos controlados no ser humano – Amamentação: não há dados disponíveis.

OXACILINA

antibiótico – Risco: B – Posologia: 0,5-1,0 g, 6-6 h, VO – Indicações: pneumonia, bursite, artrite séptica – Contra-indicações:  hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: náusea, vômito, diarréia, erupção cutânea, choque anafilático – Interação medicamentosa: penicilinas – Gravidez: compatível – Amamentação: compatível em doses habituais.

OXAMNIQUINA

anti-helmíntico – Risco: C – Posologia: 15 mg/kg, dose única/dia, VO – Indicações: esquistossomose – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: hipertermia, tontura, alucinações – Interação medicamentosa: não há referencias – Gravidez: embriotóxico em coelhas e camundongos; não há estudos controlados no ser humano – Amamentação: compatível em doses habituais.

 OXICARBAZEPINA

antiepiléptico – Risco: C – Posologia: 300-1200 mg, dose única/dia, VO – Indicações: crises tônico clônicas parciais, nevralgia do trigêmeo – Contra-indicações: hipersensibilidade aos diazepínicos, miastenia grave – Efeitos adversos: hiponatrenia, sonolência, cefaléia, tontura –  Interação medicamentosa: fenitoína, carbamazepina, fenobarbital, ácido valpróico – Gravidez: por ter mecanismo de ação distinto da fenitoína e ácido valpróico, teoricamente apresenta menor risco para o concepto; não há estudos controlados – Amamentação:  doses habituais, uso criterioso; monitorar lactente devido a efeitos colaterais.

OXICONAZOL

antifúngico – Risco:  B – Posologia: 1x/dia, uso tópico – Indicações: dermatofitoses, candidíase –  Contra-indicações:  hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: prurido, queimação, eritema, irritações locais – Interação medicamentosa: não há referência – Gravidez: compatível – Amamentação: não há dados disponíveis.

OXITETRACICLINA

antibiótico – Risco: X – Posologia: 5 mg, 6-6 h, VO – Indicações: acne, actinomicose, peritonite, psitacose, doença de Lyme, malária, sífilis, toxoplasmose, infecções do trato respiratório, gastrointestinal e geniturinário – Contra-indicações: hipersensibilidade as tetraciclinas – Efeitos adversos: fotossensibilidade, náusea, vômito – Interação medicamentosa: anticoagulantes orais, digoxina, carbonato de lítio, penicilinas, cimetidina, antiácidos, alumínio, magnésio, cálcio, ferro – Gravidez: descoloração do esmalte dentário na primeira dentição, inibição do crescimento da fíbula, óbito intra-uterino; contra-indicado – Amamentação: compatível em doses habituais.

Drogas na Gravidez: P

PACLITAXEL

antineoplásico – Risco: D – Posologia: 135 mg/m /dia, IV – Indicações: câncer metastático de mama e ovário, sarcoma de Kaposi – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, neutropenia, neutrofilia – Efeitos adversos: mielossupressão, bradicardia, náusea, vômito – Interação medicamentosa: epirrubicina, fenitoína, quinupristina – Gravidez: potencialmente teratogênico; avaliar risco/benefício – Amamentação: contra-indicado.

PANCURÔNIO

miorrelaxante cirúrgico – Risco: C – Posologia: 0,015 mg/kg, IV – Indicações: entubação endotraqueal – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: taquicardia, hipertensão arterial, salivação, broncoespasmo – Interação medicamentosa: aminoglicosídeos, brometos, corticóides, carbamazepina, clindamicina, digoxina, enflurano, fenitoína, furosemida, isoflurano, teofilina, nitroglicerina, quinidina, quinino, sevoflurano, teofilina, verapamil – Gravidez: citotóxico em animais de experimentação; não há estudos controlados no humano – Amamentação: compatível.

PANTOPRAZOL

antiulceroso – Risco: B – Posologia: 40 mg, dose única/dia, VO – Indicações: úlcera gástrica e duodenal, esofagite erosiva – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: diarréia, náusea, vômito, cefaléia – Interação medicamentosa: cetoconazol, itraconazol – Gravidez:  compatível – Amamentação: doses habituais, uso criterioso; monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

PAPAVERINA

vasodilatador – Risco: C – Posologia: 75-300 mg, 3x/dia, VO – Indicações: estados vertiginosos, esclerose cerebral, neuroses vasculomotoras, comoções cerebrais, náusea, vômito – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, hepatopatias, glaucoma, distúrbio de condução átrio-ventricular, doença de Parkinson – Efeitos adversos: desconforto abdominal, hepatite, sonolência – Interação medicamentosa: levodopa – Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação: não há dados disponíveis.

PEFLOXACINA

antiinfeccioso – Risco: C – Posologia: 400 mg, dose única/dia, VO – Indicações: osteomielite, fibrose cística, infecções dos tratos respiratório e gastrintestinal, peritonite – Contra-indicações: hipersensibilidade as fluoroquinolonas – Efeitos adversos: hepatopatias, tontura, náusea, vômito, diarréia, cefaléia – Interação medicamentosa: cálcio, antiácidos, cimetidina –  Gravidez:  não há risco de malformações; as fluoroquinolonas produzem artropatia devido a danos na cartilagem em animais de experimentação. Há relatos no ser humano, porém, não há estudos controlados – Amamentação: não há dados disponíveis.

PENCICLOVIR

antiviral – Risco: C – Posologia: aplicar a cada 2h, uso tópico – Indicações: herpes simplex, herpes zoster– Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeito adverso: eritema – Interação medicamentosa: interferon a e ß – Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação: não há dados disponíveis.

PENICILAMINA

antagonista de metais pesados – Risco: X – Posologia: 250 mg, 4x/dia, VO – Indicações: artrite reumatóide grave, doença de Wilson – Contra-indicações: anemia aplástica, agranulocitose, hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: náusea, vômito, mielossupressão, proteinúria – Interação medicamentosa: hidróxido de alumínio e magnésio, carbonato de alumínio e magnésio, digoxina, ferro – Gravidez:  malformações esqueléticas em animais de experimentação; malformações múltiplas no humano. Contra-indicado – Amamentação: evitar.

PENICILINA G BENZATINA

antibiótico – Risco: B – Posologia: 1.200.000 UI, dose única, IM – Indicações: endocardite, erisipela, estreptococcia, gangrena gasosa, sífilis – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: choque anafilático, erupção cutânea, convulsão, nefrite – Interação medicamentosa: metotrexato, probenecida – Gravidez: compatível – Amamentação:  compatível em doses habituais.

PENICILINA G POTÁSSICA

antibiótico – Risco: B – Posologia: 1-5 milhões UI, 4-6 h, IM ou IV – Indicações: septicemia, infecções do trato respiratório e geniturinário – Contra-indicações: hipersensibilidade às penicilinas – Efeitos adversos: diarréia, erupção cutânea – Interação medicamentosa: colestiramina, etinilestradiol, mestrenol, metotrexato, noretindrona, norgestrel – Gravidez: compatível – Amamentação: compatível em doses habituais.

PENICILINA G PROCAÍNA

antibiótico – Risco: B – Posologia: 600.000-1200.000 UI, dose única, IM – Indicações: septicemia, infecções dos tratos respiratório e geniturinário, antraz, erisipela, escarlatina, sífilis – Contra-indicações: hipersensibilidade às penicilinas e componentes da fórmula – Efeitos adversos: nefrite, erupção cutânea, tontura – Interação medicamentosa: etinilestradiol, mestrenol, noretindrona, norgestrel, vacina tifóide – Gravidez: compatível – Amamentação: compatível em doses habituais.

PENICILINA V

antibiótico – Risco: B – Posologia: 200.000-800.000 UI, 6-8 h, VO – Indicações: empiema, otite media, faringite, pneumonia, rotura prematura de membrana – Contra-indicações: hipersensibilidade às penicilinas e componentes da fórmula – Efeitos adversos: choque anafilático, erupção cutânea, náusea, vômito, diarréia – Interação medicamentosa: metotrexato, probenecida – Gravidez: compatível – Amamentação: compatível em doses habituais.

publicidade

PENTAMIDINA

antiprotozoário – Risco: C – Posologia: 3-4 mg/kg, dose única/dia, IV – Indicações: profilaxia e/ou tratamento de pneumonia por Pneumocistis carinii, leishmaniose, tripanossomíase – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: leucopenia, trombocitopenia, hipotensão, dor torácica, náusea, anorexia, hipoglicemia, disfunção hepática e/ou renal – Interação medicamentosa: aciclovir, foscarnet, zalcitabina – Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação: compatível em doses habituais.

PERAZOSINA

antagonista a 1-adrenérgico – Risco: C – Posologia: 10-20 mg, dose única/dia, VO – Indicações: insuficiência cardíaca congestiva, hipertensão arterial  – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:  taquicardia, tontura, síncope, cefaléia, astenia – Interação medicamentosa: beta bloqueadores adrenérgicos, verapamil – Gravidez: não é teratogênica em coelhos; não há estudos controlados no humano – Amamentação: não há dados disponíveis.

PERINDOPRIL

inibidor da enzima conversora de angiotensina – Risco: B/D – Posologia: 4-8 mg, dose única/dia, VO – Indicações: angina pectoris , hipertensão arterial, insuficiência cardíaca congestiva, infarto do miocárdio – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos:  tosse, cefaléia – Interação medicamentosa: alopurinol, ácido acetilsalicílico, azatioprina, ciclosporina, carbonato de lítio, diuréticos de alça e poupadores de potássio, potássio – Gravidez: a partir do segundo trimestre inibe efeito vasoconstritor da angiotensina. A hipotensão arterial determina diminuição do fluxo renal do concepto provocando anúria, oligoâmnio, consequentemente deformação facial, contratura de membros, crescimento intra-uterino restrito, hipoplasia pulmonar, persistência do ducto arterioso; avaliar risco/benefício– Amamentação: compatível em doses habituais.

PINDOLOL

bloqueador ß-adrenérgico – Risco: B/D – Posologia: 5 mg, 2x/dia, VO – Indicações: angina pectoris, arritmia, depressão, glaucoma, hipertensão, insuficiência cardíaca congestiva, hipertiroidismo – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, bradicardia, asma, choque cardiogênico – Efeitos adversos: bradicardia, hipotensão, taquicardia, tontura, insônia – Interação medicamentosa: bloqueadores   a 1-adrenérgicos, amiodarona, antidiabéticos, clonidina, digoxina, fentanila, metildopa, verapamil – Gravidez: aumento da resistência vascular no binômio materno-fetal proporcional ao tempo de exposição. Segundo trimestre, redução do peso da placenta e crescimento intra-uterino restrito; terceiro trimestre, redução do peso da placenta. Avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível em doses habituais.

PIPERACILINA / TAZOBACTAM

antibiótico – Risco: C/B – Posologia: 4 g de piperacilina + 500 mg de tazobactam, 6-8 ou 12 h, IM ou IV – Indicações: infecções osteoarticulares, dos tratos respiratório e geniturinário, septicemia – Contra-indicações:  hipersensibilidade a penicilinas, tazobactam e componentes da fórmula – Efeitos adversos: erupção cutânea,  diarréia, cefaléia, náusea, vômito – Interação medicamentosa: aminoglicosídeos, miorrelaxantes, anticoagulantes, probenecida – Gravidez: não há trabalhos específicos no primeiro trimestre; a partir da 24ª semana não produz efeito adverso – Amamentação: não há dados disponíveis.

PIPERAZINA

anti-helmíntico – Risco: B – Posologia: 65 mg/kg, dose única/dia, VO – Indicações: ascaridíase, enterobíase – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: náusea, vômito – Interação medicamentosa: não há referências – Gravidez: não há referências sobre associação do medicamento com efeitos deletérios no concepto – Amamentação: compatível em doses habituais.

PIRANTEL

anti-helmíntico – Risco: C – Posologia: 11 mg/kg, dose única, VO – Indicações: enterobíase, ancilostomíase, necatoríose, ascaridíase  Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: náusea, vômito, cefaléia – Interação medicamentosa: não há referencias – Gravidez: não é teratogênico em animais de experimentação; não há estudos controlados – Amamentação: compatível em doses habituais.

PIRAZINAMIDA

tuberculostático – Risco: C – Posologia: 15-30 mg/kg, dose única/dia, VO – Indicações: tuberculose – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, hepatopatia – Efeitos adversos: dor articular, aumento da uricemia, gota, erupção cutânea, náusea, vômito, hepatotoxicidade – Interação medicamentosa: ciclosporina, zidovudina, fenitoína, etionamida, probenecida – Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação: compatível em doses habituais.

PIRILAMINA

anti-histamínico – Risco: C – Posologia: 50 mg, 3x/dia, VO – Indicações: rinite alérgica, asma, resfriado – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: sonolência, boca seca, distúrbios visuais – Interação medicamentosa: não há referências – Gravidez: deve-se lembrar que o uso de anti-histamínicos duas semanas antes da parturição pode determinar fibroplasia retrolental em prematuros – Amamentação: não há dados disponíveis.

PIRIMETAMINA / SULFADOXINA

parasiticida – Risco: C – Posologia: 25 mg de pirimetamina + 500 mg de sulfadoxina, 2 comprimidos/semana, VO – Indicações: malária, toxoplasmose – Contra-indicações: hipersensibilidade aos fármacos e componentes da fórmula, discrasia sangüínea, hepatopatias, nefropatias – Efeitos adversos: discrasia sangüínea, síndrome de Stevens-Johnson, mioelossupressão, nefrotoxicidade – Interação medicamentosa:  ácidos fólico e para-aminobenzóico, sulfametoxazol, trimetoprima – Gravidez: inibidora do ácido fólico, o uso da pirimetamina é teoricamente questionado; não há, porém, estudos controlados. Associação com ácido fólico pode atenuar os efeitos deletérios. A sulfadoxina está contra-indicada próximo ao termo. Amamentação: doses habituais, uso criterioso; monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

PIRIMETAMINA

parasiticida – Risco: C – Posologia: 50 mg, 3x/dia, VO – Indicações: malária, toxoplasmose – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, discrasias sangüíneas – Efeitos adversos:  síndrome de Stevens-Johnson, anemia megaloblástica, leucopenia – Interação medicamentosa: ácido fólico, sulfametoxazol, trimetoprima – Gravidez: inibidora do ácido fólico, o uso da pirimetamina tem sido teoricamente questionado; não há estudos controlados. Associação com ácido fólico pode atenuar os efeitos deletérios – Amamentação: doses habituais, uso criterioso; monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

PIROXICAM

antiinflamatório não hormonal – Risco: B/D – Posologia: 20 mg, dose única/dia, VO – Indicações: espondilite anquilosante, cirurgia de catarata, prevenção de câncer de cólon, inflamação ocular, osteoartrite, algias, afecções musculoesqueléticas, ginecológicas e otorrinolaringológicas – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, rinite, urticária, asma e alergia a ácido acetilsalicílico e outros antiinflamatórios, úlcera péptica em atividade – Efeitos adversos: úlcera péptica, alteração da função plaquetária, anemia aplástica, neutropenia, colite, esofagite, sangramento gastrintestinal, pancreatite, hepatotoxicidade, alterações cutâneas, alopecia, artrite, gota – Interação medicamentosa: derivados cumarínicos, warfarina, heparina de baixo peso molecular, inibidores da enzima conversora de angiotensina, bloqueadores ß-adrenérgicos, diuréticos, bloqueadores do canal de cálcio, ácido acetilsalicílico, alendronato, metotrexato, ofloxacina, warfarina, cimetidina, carbonato de lítio, sulfoniluréia – Gravidez: a partir do 3º trimestre inibe a síntese de prostaglandinas; prolonga a gravidez, determina oligúria fetal, oligoâmnio, dismorfoses faciais, contratura muscular, oclusão prematura do ducto arterioso e hipertensão pulmonar primária do RN. Avaliar risco/benefício –  Amamentação: compatível em doses habituais.

 PIRVÍNIO

anti-helmíntico – Risco: D/C – Posologia: 10 mg/kg, dose única, VO – Indicação: enterobíase – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, obstrução intestinal – Efeitos adversos: náusea, vômito, dor abdominal, diarréia – Interação medicamentosa: não há referências – Gravidez: evitar no primeiro trimestre; não há estudos controlados nos demais trimestres – Amamentação: compatível em doses habituais.

PRAVASTATINA

antilipemiante – Risco: X – Posologia: 10-20 mg, dose única/dia, VO – Indicações: aterosclerose, prevenção doença coronariana, hipercolesterolemia, hipertensão arterial – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, hepatopatia ativa, elevação persistente e inexplicada das transaminases séricas – Efeitos adversos: dor abdominal, flatulência, constipação – Interação medicamentosa: amprenavir, ciclosporina, eritromicina – Gravidez: contra-indicado – Amamentação: em face de seu potencial adverso, evitar.

PRAZIQUANTEL

anti-helmíntico – Risco: C – Posologia: 5-10 mg/kg, dose única, VO – Indicações: esquistossomose, cestoidíase, trematoidíase – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula; cisticercose ocular – Efeitos adversos: cefaléia, indisposição – Interação medicamentosa: albendazol, cimetidina, carbamazepina, cloroquina, fenitoína – Gravidez: não é teratogênico em animais de experimentação; não há estudos controlados no ser humano – Amamentação: compatível em doses habituais.

PRAZOSINA

antagonista  a 1-adrenérgico – Risco: C – Posologia: 1 mg, 2-3x/dia, VO – Indicações: hipertensão arterial, insuficiência cardíaca congestiva, bexiga neurogênica, feocromocitoma – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: hipotensão, taquicardia, tontura – Interação medicamentosa: ß-bloqueadores adrenérgicos, verapamil – Gravidez: não há estudos controlados – Amamentação: não há dados disponíveis.

PRIMAQUINA

antimalárico – Risco: C – Posologia: 15 mg, dose única/dia, VO – Indicações: profilaxia e tratamento da malária – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, artrite reumatóide, lúpus eritematoso, imunossupressão – Efeitos adversos: anemia, leucocitose, dor abdominal – Interação medicamentosa: acetaminofeno, etinilestradiol, mestranol – Gravidez: não é embriogênico ou embriotóxico em animais de experimentação; não há estudos controlados no ser humano –  Amamentação: doses habituais, uso criterioso; monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

PRIMIDONA

antiepiléptico – Risco: D – Posologia: 100-125 mg, 1-3x/dia, VO – Indicações: epilepsia – Contra-indicações:  hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula – Efeitos adversos: tontura, sonolência, náusea, vômito – Interação medicamentosa: anticoagulantes orais, corticóides, carbamazepina, ácido valpróico, fenitoína, leucovorina, teofilina – Gravidez: pode determinar malformações da face, esqueléticas, crescimento intra-uterino restrito; avaliar risco/benefício – Amamentação:  doses habituais, uso criterioso; monitorar lactente devido a efeitos colaterais.

PROBUCOL

hipolipemiante – Risco: B – Posologia: 500 mg, 2x/dia, VO – Indicações: hipercolesterolemia, moléstia de Raynaud – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, cirrose biliar – Efeitos adversos: dor abdominal, náusea, vômito, parestesia – Interação medicamentosa: ciclosporina – Gravidez: não é teratogênico em animais de experimentação; no ser humano não revelou efeitos adversos – Amamentação: não há dados disponíveis.

PROCAINAMIDA

antiarrítmico – Risco: C – Posologia: dose inicial, 1250 mg, VO; manutenção, 500-1000 mg, 2-3 h, VO – Indicações: arritmias ventriculares, fibrilação atrial, flutter atrial, infarto do miocárdio, taquicardia supraventricular, taquicardia funcional – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, bloqueio cardíaco, “torsades de pointes” – Efeitos adversos: mielossupressão, neuropatia, náusea, vômito, diarréia, tontura – Interação medicamentosa: amiodarona, anestésicos locais, atracúrio, atropina, beladona, cimetidina, cisaprida, clotrimazol, ciclopentolato, desopiramida, galamina, gatifloxacina, moxifloxacina, ofloxacina, pancurônio, procaína, quinidina, sotalol, trimetroprima – Gravidez:  não há estudos controlados – Amamentação: a Academia Americana de Pediatria considera compatível.

PROMETAZINA

anti-histamínico – Risco: C – Posologia: 25 mg, 3x/dia, VO – Indicações: pré-operatório, processos alérgicos – Contra-indicações: glaucoma, úlcera péptica – Efeitos adversos: sonolência, tontura, xerostomia – Interação medicamentosa: fenobarbital, gatifloxacina, carbonato de lítio, meperidina, pimozida, sotalol, tramadol, trazodona – Gravidez: não está associada a malformações; seu uso durante o trabalho de parto provoca depressão no RN – Amamentação: compatível em doses habituais.

PROPAFENONA

antiarrítmico – Risco: C – Posologia: 150 mg, 8-8 h, VO; 1-2 mg/kg, IV – Indicações: arritmias supraventriculares e ventriculares – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, choque cardiogênico, bradicardia, hipotensão, distúrbios broncoespáticos, sinoatriais, atrioventriculares e ventriculares – Efeitos adversos: arritmias, tontura, cefaléia, náusea, vômito – Interação medicamentosa: fluoxetina, quinidina, sertralina, rifampicina, amitriptilina, clomipramina, ciclosporina, digoxina, imipramina, lidocaína, metoprolol, nortriptilina, ritonavir, warfarina – Gravidez:  não é teratogênica em animais de experimentação; não há estudos controlados no ser humano – Amamentação: não há dados disponíveis.

PROPRANOLOL

bloqueador ß-adrenérgico – Risco: C/D – Posologia: 40 mg, 2x/dia, VO – Indicações: angina pectoris, ansiedade, arritmia, ataxia neuroléptica, hipertensão arterial, insuficiência cardíaca congestiva – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, asma, bradicardia, bloqueio átrio-ventricular, choque cardiogênico – Efeitos adversos: broncoespasmo, bradicardia, depressão – Interação medicamentosa: bloqueadores  a1-adrenérgicos, amiodarona, bloqueadores de canal de cálcio, cimetidina, diltiazem, flunarizina, furosemida, hidralazina, propafenona, propoxifeno, quinidina, antiinflamatórios não hormonais, fenobarbital, rifampicina, hipoglicemiantes orais, bromazepam, clorpromazina, digoxina, warfarina – Gravidez: aumento da resistência vascular no binômio materno-fetal proporcional ao tempo de exposição. Segundo trimestre, redução do peso da placenta e crescimento intra-uterino restrito; terceiro trimestre,  redução do peso da placenta. Avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível em doses habituais.

Drogas na Gravidez: Q

QUINAPRIL

inibidor da enzima conversora de angiotensina – Risco: B/D – Posologia: 10-20 mg, dose única/dia, VO –  Indicações:  hipertensão arterial, insuficiência aórtica, infarto do miocárdio, nefropatias, insuficiência cardíaca congestiva – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, estenose da artéria renal, alterações do estado imunitário – Efeitos adversos: tosse, erupção cutânea, edema, hipercalemia – Interação medicamentosa: alopurinol, ácido acetilsalicílico, azatioprina, ciclosporina, diuréticos, carbonato de lítio, potássio, tetraciclinas, trimetoprima – Gravidez: a partir do segundo trimestre inibe efeito vasoconstritor da angiotensina. A hipotensão arterial determina diminuição do fluxo renal do concepto provocando anúria, oligoâmnio, consequentemente deformação facial, contratura de membros, crescimento intrauterino restrito, hipoplasia pulmonar, persistência do ducto arterioso; avaliar risco/benefício – Amamentação: compatível em doses habituais.

QUINIDINA

antiarrítmico – Risco: C – Posologia: 200-400 mg, 6-6 h, VO – Indicações: arritmias atriais e ventriculares, infarto do miocárdio, malária – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, defeitos cardíacos de condução, ausência de atividade atrial, intoxicação digitálica, miastenia grave – Efeitos adversos: mielossupressão, náusea, vômito, diarréia – Interação medicamentosa: amiodarona, amprenavir, cimetidina, delavirdina, diltiazem, eritromicina, fluoxetina, gatifloxacina, itraconazol, moxifloxacina, nelfinavir, verapamil, fenitoína, nifedipina, rifampicina, amitriptilina, atenolol, digitálicos, haloperidol, imipramina, cetoconazol, metoprolol, procainamida, propafenona, propranolol, tramadol, ácido acetilsalicílico, warfarina – Gravidez:  não é teratogênica em animais de experimentação; doses elevadas têm efeitos ocitócicos – Amamentação: a Academia Americana de Pediatria considera compatível.

QUININA

antimalárico – Risco: X – Posologia: 30 mg/kg/dia, VO – Indicações: malária – Contra-indicações: hipersensibilidade ao fármaco e componentes da fórmula, deficiência de glicose-6-fosfato deidrogenase, miastenia grave – Efeitos adversos: trombocitopenia, convulsão, urticária, hipoglicemia – Interação medicamentosa: astemizol, dicumarol, pancurônio, cimetidina, ritonavir, ciclosporina – Gravidez: ocitócico; estimula liberação de insulina no pâncreas fetal, promovendo malformações múltiplas. Contra-indicado  – Amamentação: doses habituais, uso criterioso; monitorar o lactente devido efeitos colaterais.

Atualização

Site atualizado em 17/11/2013

Qual assunto você quer procurar no site?

Loading



publicidade
(Visited 713 times, 1 visits today)